Transferência de culpa

Oii gente, tudo bem?

Hoje vim conversar um pouco sobre quantas vezes para evitar problemas, ou para desvincular de nós a culpa de algo transferimos nossa culpa, nossa responsabilidade sobre nosso ato para outra pessoa.
Somos humanos e erramos, geralmente é a frase que nós usamos para justificar algumas pisadas na bola ou para minimizar nossa ação sobre alguma atitude, mas e quando estamos cegos ao ponto de não enxergar nem esse erro? Quando estamos tão cegos ao ponto de transferirmos, culparmos e também julgarmos outra pessoa pelo que fizemos. E no meu ponto de vista: o que é pior e por que fazemos isso?


Medo de encarar a verdade? Medo de admitir que era aquilo que queríamos? Medo de ter gostado verdadeiramente do acontecido?

Costumo pensar que o medo nada mais é do que um impulsionador capaz de nos arremessar com a força de uma bola de canhão para frente ou simplesmente nos fazer recuar tão rapidamente quanto um salto de paraquedas. Eu sou o tipo de pessoa que vivia transferindo minha culpa para os outros, sejam eles pessoas ou coisas, se algo dava errado ou saia do meu controle eu simplesmente impulsionava a sua força na direção do que fosse mais próximo.

Pouco antes de sair da loja tive uma longa conversa com uma das pessoas mais brilhantes que conheci (e tive a honra de chamar de chefe), e ele me mostrou a real dimensão dessa atitude, ele me fez parar por alguns instantes e pensar em todas as amizades que destruí, em todas as situações que poderia ter sido diferentes e em todas as oportunidades que perdi por conta dessa “mania”. Infelizmente quando se age tanto tempo assim acaba se tornando um hábito e hábitos não se perdem do dia para a noite, então é um treino diário que muitas vezes a gente só percebe que está voltando aos velhos hábitos depois que um lado da balança está bem mais pesado que o outro, e daí meu bem é muito corre corre para tentar ajustar, igualar e concertar a merda feita.

Mas é assim, dia após dia, a gente aprende e corrige.

Gaúcha, colorada, completamente louca por maquiagem e muito apaixonada pela vida. Prazer sou Eskarlet, uma publicitária em formação.
  • Flávia

    Olá Eskarlet! Seu texto é bastante reflexivo e acho que devemos filtrar bem as nossas ações antes de cometer qualquer errinho e ter como prejuízo, perder pessoas que gostamos etc. Devemos aprender com os nossos erros para não comete-los novamente. Bom texto!
    Beijinhos

  • Amei o texto! Ele me lembrou de uma mania muito feia que eu tenho, que é de tentar diminuir minha culpa. Sabe, tentar arrumar uma desculpa pros nossos erros? Eu achava que tava tudo bem fazer isso, mas não: Isso me fazia não aprender com meus erros, porque “a culpa não era totalmente minha”.

  • Sophia

    Já joguei muito a culpa pros outros, é feio, mas admito, hoje eu assumo e aprendo com ela.

    http://blogdaumzoom.com

  • Drica com Batom

    confesso q ja fiz isso algumas vezes no passado mas hj em dia aprendi a aceitar q tbm sou culpada!

  • Kezia Garcia

    Só li verdades rsrs. Tenho tentado parar de ser hipocrita e reconhecer o ser humano cheio de erros q sou.

  • Blog🍄DezoitoEmPonto

    As vezes temos culpa da nossa própria felicidade (ao olhar o amigo que está infeliz por exemplo) né? ótimas reflexões as suas <3
    dezoitoemponto.com

  • Oi Eskarlet (AMEI SEU NOME, SOCORRO)
    Menina, quantas verdade num único post, hein? As vezes acontece isso comigo, mas felizmente não dura muito tempo, porque logo vem a culpa e eu já vou pedir desculpa para a pessoa, estando ela errada ou não.
    Eu isso muito isso da minha mãe, sabe? Ela tem essa obsessão por estar sempre certa, então já virou um vício sempre culpar as outras pessoas para que ela saia como a certa da história. É algo que as vezes tento falar para ela, mas como ela sempre resiste eu prefiro ceder e seguir minha vida da melhor maneira que posso, afinal de contas, estou em paz comigo mesmo.
    Amei muito seu post e todas as reflexões que você trouxe, é muito bom ler posts assim!

    Beijão
    http://www.mundoinvertido.com/

  • Gabi P (GabbiC)

    Bom estamos aqui para aprender, graças a esses erros consegui perceber o quão imatura era, hoje em dia não faço mais esse tipo de coisa mas infelizmente muitos na minha volta fazem :/

  • Clarissa Souza

    Confesso que esse é o meu defeito. Sempre busco ajudo em situações da minha vida pra que se der errado eu tenha a quem culpar. Isso me fez refletir… parabéns pelo post

  • Maire Silva

    Somos humanos e erramos quem nunca errou não é mesmo, esse texto veio em boa hora! obrigado

  • Wagner Okasaki

    É isso aí, moça! Mudança de hábitos é um treino diário, para sempre. A melhor parte é olhar para trás e ver o quanto já se avançou. Mas tem de começar hoje. Parabéns pela busca do autoconhecimento!

  • Vitória Bruscato

    Eu também sou dessas de tentar jogar a culpa em qualquer coisa que não seja eu, hehehe, preciso melhorar isso! Graças a Deus somos seres que evoluem e mudam a cada dia, então vamos assim, aprendendo com os erros!

  • Sammy Gonçalves

    Que texto espetacular! Li a postagem inteira pensando na minha vida, nada que vc disse é mentira, nos sempre tentamos justificar nossos erros culpando outras pessoas e outras coisas (o tempo, o transito…), nada é nossa culpa pra gente né